13/04/14

WORKSHOPS ABRIL DE 2014

ENCONTROS PARA UM
PENSAR DIFERENTE


CURITIBA: 26 e 27/04/2014

1) Workshop de qualificação Psicologia da Gestação - Sábado, 26/04 14-18h

com Adriana Tanese Nogueira, baseado no livro "Empoderando a mulheres. Psicologia perinatal".
Valor =
R$ 230 até 23/04; R$ 260 na porta.

2) Workshop Alquimia das Deusas. Uma tenda vermelha de empoderamento feminino - Domingo, 27/04 9-18h

com Adriana Tanese Nogueira
Valor: R$ 350 até dia 23/04; R$ 410 na porta.

Atendimento particular: De segunda (28/04) a sexta 2/05 atendimento particular em educação perinatal, preparação psicoemocional ao parto, elaboração do parto, psicologia juguiana e pós-junguiana, florais e regressão (Deep Memory Process) com Adriana Tanese Nogueira. Marcar com antecedência para conseguir horário.


Contato: (41) 9915.5903 (Monica Lopes Stange), cursos@cursosamigasdoparto.com.br e adrianatnogueira@uol.com.br (para o atendimento particular)

24/01/14

De garoto a homem: desafios e armadilhas

Adriana Tanese Nogueira

Havia uma vez um jovem bem intencionado. Ele cresceu vendo as brigas entre os pais e observou o mal estar nele mesmo e na atmosfera da casa. Quando grande, esse jovem quis ser uma pessoa diferente daquela que seu pai era. Apesar de reconher o valor do genitor, ele tinha consciência que há limitações pessoais inaceitáveis.
Essa é a realidade que muitos rapazes

10/01/14

Empregadas domésticas e a perpetuação do machismo

Adriana Tanese Nogueira

Apesar de ser um recurso muitas vezes indispensável na vida corrida de hoje, é oportuno fazer algumas reflexões críticas acerca do que significa ter uma empregada* e as implicações no campo do comportamento e do desenvolvimento psico-social, individual e coletivo.

Em primeiro lugar, a figura da empregada surgiu na classe média para permitir que a mulher trabalhasse fora de casa. Em síntese, ela substitui a esposa e dona-de-casa, que se transformou então em dona-da-casa. Entretanto, o baixo salário que a empregada recebe - motivo pelo qual é tão difusa - confirma a falta de valorização do trabalho doméstico que as esposas antigamente (e muitas ainda no presente) faziam em suas casas. Em segundo lugar, a presença de uma empregada permite e mantém o

26/12/13

UM NOVO ANO, UM NOVO TEMPO

Adriana Tanese Nogueira

Um novo ano está para começar. Gosto do Reveillon porque ele é um ritual de fechamento e de início, demarcando psicologiamente o final de uma fase e o começo de outra. Faz bem para a psique saber que temos um momento que pode ser aproveitado para demarcar simbolicamente o tempo, o qual não é um contínuo mas cíclico. Todas as etapas da vida tem começo, meio e fim. A infância acaba, a adolescência dá lugar à juventude matura e esta